Cabeceiras do piauí 

Nosso objetivo é tentar traduzir a identidade do povo cabeceirense, no intuito de constituir-se numa fonte de pesquisa confiável pelo cunho históricorico e científico, porém, sem perder a leveza inerente aos temas que envolvem os vínculos afetivos que temos com a terra onde nascemos, vivemos, trabalhamos e escrevemos nossa história pessoal e familiar, ou ansiamos um dia ainda retornar, ao berço da mãe Cabeceiras para os filhos presentes bem como para os filhos saudosos pela distância concreta na ausência física, porém muitas vezes mais ainda presença espiritual manifesta pelo respeito e preocupação com o conhecer e reconhecer as coisas pertinentes à cultura local, que nos constitui e é também por nós constituída em cada traço onde nos vemos e somos vistos, como espelhando-se à margem do riacho Santo Antônio, um dos que inspirou o nome de nossa cidade.

E assim, formar consciências, contribuir na orientação de “uma gente que por saber aonde quer chegar”, portanto, busca suas raízes (MONTEIRO & MESQUITA, 1996). As informações aqui registradas deverão contribuir como fonte de pesquisa para as escolas, os trabalhos escolares, aos cidadãos, historiadores, curiosos e populares, que apostem no conhecimento e reconhecimento da cultura local registrada nos conhecimentos e saberes de um povo simples, digno e promissor.

Cleane Melo, Idelfonso Melo,Paulo Beltrão.

Destaques