ECONOMIA E NEGÓCIOS DE CABECEIRASDO PIAUÍ

Seus habitantes sobrevivem, principalmente, da agropecuária: criação de bovinos, caprinos, ovinos, suínos, aves e agricultura de subesistência.

Comércio de Cabeceiras do Piauí

Porém, nos últimos anos, o comércio local tem se desenvolvido bastante; apesar de ainda tímido, é bem diversificado e proporcional à cidade, atendendo às necessidades básicas de sua população, que tem como principal renda as verbas do programa federal Bolsa Família, as aposentadorias e o funcionalismo público municipal.

 Existe ali uma sede dos Correios, uma agência do Banco Bradesco, mercadinhos, farmácias, lojas de confecções e importados. Carece ainda de outras agências bancárias, casa lotérica, calçadeira, terminal rodoviário e outros serviços necessários ao desenvolvimento.

Portanto, Cabeceiras é um bom lugar para empresários que desejam investir tanto em serviços, como em comércio. Ainda não há nenhum investimento na indústria, exceto uma cerâmica que fica na zona rural.

 Produto Interno Bruto de Cabeceiras do piauí
Pelo estudo realizado do gráfico acima, pode-se observar o desenvolvimento do município, principalmente no setor de serviços, como o comércio, o funcionalismo público municipal e a prestação de serviços em geral. Além do setor terciário, temos também um leve desenvolvimento no setor primário, que corresponde à agricultura do município, extrativismo vegetal e pecuária que possui maior desenvolvimento neste setor. Já o setor secundário tem a menor implementação dentro da economia do Município de Cabeceiras.

 Mapa comparativo das despesas e receitas de Cabeceiras do Piauí